Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘OVA's’ Category

Sinbad no Bouken

Sinbad

Mangá escrito por Shinobu Ohtaka e ilustrado por Yoshifumi Ohtera, lançado em 2013 no Japão. É um spin-off de Magi, abordando a história de Sinbad. Magi já foi abordado no blog. Para ver o post, clique aqui. Começou como um protótipo de 70 páginas. Logo foi serializado e ainda está em andamento. Não é publicado no Brasil. Em 2014, ganhou OVA de 3 episódios. Gênero: Ação/Aventura/Fantasia

 Sinbad2

História

O nascimento de Sinbad fora sentido por alguns, dada a sua ressonância com os Rukhs. Uma pessoa incrivelmente forte teria nascido. Um verdadeiro milagre. Ele cresceu em Parthevia, lidando com muitas dificuldades e sempre perseverando. Ele conseguiu capturar sua primeira dungeon muito novo ainda. Consegue mais aliados ao longo do tempo e inicia uma longa jornada até ser o rei de Sindria, como visto em Magi.

 Sinbad3

Comentário

Um baita spin-off. O traço é muito bom e lembra bastante o de Magi. Afinal, quem faz a arte é assistente de Shinobu Ohtaka. O gráfico da OVA é muito bom tecnicamente, com boa trilha sonora e animação. O design de personagens continua muito bom em relação a Magi.

Sinbad é um dos personagens mais cativantes em Magi, tendo um dos históricos mais interessantes. Nessa série, a história dele é contada em profundidade. De um jeito bastante bem feito e com qualidade. Conhecemos também os históricos dos generais de Sindria e muitas coisas a mais. E também auxilia na compreensão de pontos em Magi. Tem ótimas cenas de ação e comédia. Para quem conhece Magi e quer saber mais sobre Sinbad, Sindria e umas coisas a mais, é imperdível. A OVA não aborda o mangá em sua totalidade, mas compensa ver. Recomendo!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Anúncios

Read Full Post »

KamiNomi

Mangá escrito e ilustrado por Tamiki Wakaki, lançado em 2008 e ainda em andamento, com 28 volumes até agora. Teve novel escrita por Mamizu Arisawa em 2009. Em 2010 ganhou OVA, Flag.0. No mesmo ano, ganhou o primeiro anime, de 12 episódios, com segunda temporada no ano seguinte, de mais 12 episódios. Após isso, duas OVAs, 4 Girls and an Idol e Tenri-Hen (2 episódios). Em 2013, ganhou mangá e OVA Spin-off, Magical Star Kanon 100%. E também, a terceira temporada, de mais 12 episódios. Gênero: Romance/Comédia

 KamiNomi2

História

Keima Katsuragi é um estudante do ensino médio, viciado em date games, no quais se conquista garotas virtuais. É conhecido como “Deus da conquista” por isso. É taxado como nerd e otaku na escola. Em um dia, recebe um e-mail com um contrato para conquistar garotas. Ele aceita e então uma garota-demônio, Elsie, aparece para ele com o contrato. Agora Keima tem que ajudá-la a capturar almas fugitivas do inferno que se alojaram em garotas. Para a alma ser expulsa e então capturada, Keima deve conquistá-la e então beijá-la. No entanto, ele só sabe conquistar garotas virtuais, não tendo nenhum interesse por garotas reais. Mas, por causa do contrato, ele tem que aprender a fazer a conquista real. Começa a saga de fazer as rotas dos games na vida real.

KamiNomi3

Comentário

Série de impressionante qualidade para um tema que não parece tão bom de início. O mangá tem um traço bonito e leve, com bons detalhes nos cenários. Os animes e OVAs foram todos bem feitos, com um gráfico bem bonito e colorido, que foi aumentando de qualidade com o passar do tempo. A trilha sonora não é algo particularmente notável, mas é boa em alguns momentos mais importantes na história. A animação é de qualidade constante.

A premissa da série não me chamava muito a atenção de início, mas rapidamente fica muito interessante de ver. As garotas que aparecem ao longo da série não são como as garotas dos games, embora Keima tente ver semelhança para sua conquista. Isso faz com que ele se adapte à situação e veja uma maneira de criar uma rota. Isso torna o processo muito interessante. Fora isso, as garotas são grande atrativo, sendo muito mais do que o superficial e estereotipado. Isso é mais notável em partes mais avançadas da história. Então, toda conquista é interessante de ver, assim como o modo como o próprio Keima vai mudando com o tempo. Ao passar de capítulos, mais elementos como deusas e uma trama no infernal aprofundam a história. Tem ótimos momentos de romance e de comédia, além de uns de boa ação. Série de muito bom equilíbrio de elementos, agradável de ver e cativante. Muito boa para ver!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Episódio único e especial, baseado no game visual novel de mesmo nome, lançado para PC. Mostra acontecimentos anteriores ao anime de Guilty Crown. Gênero: Sobrenatural/Ação

 

História

Scrooge é um jovem que era usado como experimento. Ele foge do laboratório e encontra Carol, uma garota que também era usada em experiências com os genomes. Assassinos perseguem a dupla. Para se defenderem, Carol pede que Scrooge tire uma arma dentro de si.

 

Comentário

Uma animação que traz mais perguntas do que respostas. Tem um gráfico bom, mas um tanto inferior ao do anime de GC. A animação e trilha sonora continuam excelentes. Tem uma história bastante interessante, com muitos elementos bons. Claramente, serve mais para despertar interesse para o game de PC. Se essa foi a intenção, tiveram sucesso, pois realmente intriga o espectador sobre o que pode ter acontecido antes da história de Guilty Crown. E tem personagens muito bons. Vale a pena conferir!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

3×3 Eyes

Mangá escrito pro Yuzo Takeda, com 40 volumes lançados entre 1987 e 2002. Não foi publicado no Brasil. Ganhou OVA de 4 episódios em 1991 e outra em 1995, de 3 episódios. Possui cenas fortes, com muito sangue e violência. Gênero: Ação/Aventura/Fantasia

 

História

Pai Ayanokōji é a última descendente dos Sanjiyan Unkara, uma espécie de criatura sobrenatural, podendo ser chamado de “monstro”. No entanto, ela consegue viver uma vida como uma pessoa normal por ter múltipla personalidade, que esconde as partes mais conturbadas do seu passado. Yakumo Fujii assume o papel de companheiro para ajudar Pai a se livrar de vez de seu passado. O pai de Yakumo tinha pesquisado sobre os Sanjiyan e descoberto Pai no Tibet. Seguindo a pesquisa, os dois tentam achar uma forma de selar as memórias de Pai. Mas no caminho eles encontram outras criaturas sobrenaturais. Cabe a Yakumo lutar e proteger Pai, mas ela não é tão indefesa assim.

 

Comentário

Uma boa série, de muita qualidade. O mangá tem um bom traço, que retrata as criaturas muito bem e com cenas de ação muito boas. O design de personagens é bom e interessante. As OVAs não possuem uma qualidade gráfica muito boa, mas isso não prejudica o entretenimento. A parte sonora é boa pro ano de produção e a animação também, sendo boa nos momentos agitados. É notável é que as cenas com ação despejam quantidades absurdas de sangue. A primeira OVA não deixa claro alguns momentos da história original, explorando pouco o todo. A segunda OVA já tem uma qualidade melhor e cobre uns erros, mas ainda não aproveita tudo e ainda tem um episódio a menos.

A história é muito boa, envolvendo muitas lendas, monstros, magias e muitas coisas. Isso tudo, junto com os antagonistas, dá uma liga muito boa e interessante. Os personagens são bons e com carisma. O bom desenvolvimento deles acrescenta coisas ao enredo, tornando-o mais cativante. Também há um bom foco romântico. A única ressalva que faria é que tem muita violência, mas isso é problema pra quem é mais sensível. No geral, é uma boa série pra conferir.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Switch (OVA)

OVA lançada em 2008, sendo uma adaptação do mangá de mesmo nome. Tem apenas 2 episódios. O mangá já foi falado no blog. Para acessar o post, clique aqui. Gênero: Ação/Investigação/Drama/Mistério

 

História

A história da OVA segue o mesmo princípio do mangá, sendo apenas um dos vários casos relacionados com drogas.

Kai Eto e Hal Kurebayashi são dois novos agentes do Departamento de Controle de Narcóticos do Japão (Matori). Como o nome sugere, o departamento lida com traficantes, gangues e crimes relacionados com drogas. Kai é um jovem de 22 anos com aspecto muito gentil e inocente, mas quando está em uma situação que envolva dor ou choque emocional, muda completamente de personalidade, tornando-se agressivo e muito bom em combate. Hal é muito mais sério e aparentemente insensível. Ele busca pistas para descobrir “Switch”, que está relacionado com o desaparecimento do seu pai e até com o passado de Kai. Para tal, continua a trabalhar sem parar, resolvendo vários casos.

 

Comentário

É uma boa OVA que deixa a desejar no seu enredo, forçando o expectador a ler o mangá (que é uma boa pedida). Tem um gráfico muito bom, detalhado e vívido, seguindo com o bom design de personagens do mangá, com pequenas diferenças. O som é bom, mas não é algo muito marcante. A música de abertura e a de encerramento que são notáveis. A animação é bem feita em todos os momentos.

Um ponto fraco é a história. A OVA não apresenta muito bem os personagens e a proposta e deixa muitas coisas não respondidas. Há apenas menções ao mistério de Switch, mas nada muito aprofundado. Como não há menção à história em geral, a OVA se mostra apenas mais um caso investigativo, totalmente isolado. Para entender melhor a coisa, é muito recomendável ler o mangá. Switch poderia render uma animação muito mais longa e fiel ao enredo original.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

.hack//Quantum

OVA de 3 episódios, lançado em 2010. É uma das poucas animações de .hack não feitas pela Bee Train, sendo produzida pela Kinema Citrus. Ganhou mangá em 2011, feito por Tatsuya Hazmazaki, com 1 volume até o momento. Gênero: Aventura/Sci-fi

 

História

Asumi, Iori e Eri são amigas de escola, que jogam o famoso MMORPG “The World R:X”. No game, elas são Sakuya, Tobias e Mary, respectivamente. Elas se deparam com estranhos acontecimentos no The World, relacionados ao estranho jogador com avatar de gato, Hermit. Mary acaba ficando em coma no mundo real por causa de um incidente no The World. Sakuya e Tobias buscam a verdade por trás disso.

 

Comentário

É uma OVA que tem um bom gráfico, muito acima da média. A trilha sonora é boa, mas nada muito empolgante. Aliás, esse é um grande diferencial negativo em relação aos outros animes de .hack, que têm trilhas sonoras excelente. A animação é muito boa, mostrando bem as cenas de ação e os vários monstros que aparecem ao longo dos episódios. A história tem uma proposta interessante, apresentando bem o The World R:X, a vida das jogadoras principais, as novas tecnologias do futuro, como os chips implantados nas pessoas (fator crucial à história) e tem a clássica questão dos comas. No entanto, deixa muita coisa respondida pela metade, dando a impressão que é algo que deve ser continuado. Tem uma boa elaboração de personagens e momentos cômicos.

Quem não conhece muito .hack pode ficar muito perdido em algumas situações, por isso é bom ver mais coisas dessa ótima franquia. Aliás, quem conhece .hack também pode ficar confuso (ou indignado) com tantos cameos de tantos personagens marcantes (Sakuya, por exemplo, seria uma versão feminina do Kite). Quantum pode despertar simpatia ou ódio por parte dos mais puristas. Não vejo muito motivo para ódio, só digo que tem qualidade, mas não acrescenta muito à franquia.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Mangá publicado pela Monthly Shounen Jump em 2006, escrito e ilustrado por Hiroyuki Asada, com 11 volumes até o momento. Em 2009, ganhou anime de mesmo nome, com 25 episódios. Em 2010, ganhou uma segunda temporada, Tegami Bachi Reverse/ Letter Bee Reverse, com 25 episódios também. Ainda em 2010, ganhou OVA em versão chibi, Tegami Bachi Academy, com 25 episódios de 3 minutos. Gênero: Aventura/Sobrenatural/Steampunk

 

História

O mundo de Tegami Bachi é Amberground, uma terra que está sempre de noite, sendo apenas parcialmente iluminada por um sol artificial. Amberground é dividida em 3 regiões: Yodaka, a região mais pobre, Yuusari, a da classe média, e Akatsuki, a capital exclusiva da elite.

Lag Seeing é um garoto que foi separado de sua mãe e marcado como uma carta para a cidade de Campbell Litus. Quem o entrega até sua tia é o tegami bachi Gauche Suede /Goos Suede. Os dois passam por uma longa jornada juntos e criam amizade. No meio do caminho, se deparam com os insetos blindados, criaturas gigantescas que roubam os corações das pessoas. Para destruí-los, um tegami bachi usa uma arma com um âmbar que permite atirar um fragmento do seu coração para ressoar com o inseto, a bala sincera. As balas sinceras de Lag permitem que ele veja o coração das pessoas. Ao se despedir de Gauche/Goos, Lag decide se tornar um tegami bachi no futuro,  aceitando a missão de entregar as cartas das pessoas, que contêm o próprio coração delas.

Depois de uns anos, Lag se torna um tegami bachi, mas descobre que seu mentor desapareceu. Então, Lag decide procurá-lo.

 

Comentário

É uma série que aparenta ser infantil, mas que tem um enredo muito interessante e profundo. O traço do mangá é muito bom e detalhado, e os gráficos do anime foram muito bem feitos e tem uma animação muito boa, embora os insetos blindados sejam retratados em CG, o que ficou meio estranho. A parte sonora do anime é muito boa também. Os personagens são bem desenvolvidos ao longo da história e são bem cativantes. A história toma rumos inesperados em certos momentos e também possui boas pitadas de drama e bom humor em partes. O que pode ser meio chato em Tegami Bachi/Letter Bee é o fato de Lag chorar demais ao longo da história…

Como o anime termina, mas o mangá continua, é claro que o anime não consegue retratar tudo da história, com muita coisa faltando a ser explicada. Por isso, é recomendável ver o mangá também, ou esperar uma terceira temporada, o que seria muito bom. Se a proposta do coração das pessoas não lhe cativar, é melhor desistir da série. Mas, se sim, Tegami Bachi/Letter Bee será uma série excelente para você.

– by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Older Posts »