Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Mangás’ Category

Binan

Anime lançado em 2015, de 12 episódios. Em 2014 fora lançado um mangá spin-off, feito por Umatani Kurari. Possui também light novel escrita por Takahashi Natsuko e ilustrada por Hara Yumiko, lançada em 2015 e ainda em andamento. E ainda um game para iOS e Android, esperado para Fevereiro. Gênero: Comédia/Magia/Ação/Slice of life

 Binan2

História

Atsushi e En são dois alunos do ensino médio que estavam conversando sobre coisas bem triviais numa casa de banho. É então que um vombate rosa aparece no banho. Estanhamente, ele fala e começa a falar sobre proteção da Terra. Mas ele é perseguido por Yumoto, colega de escola dos dois e filho do dono da casa de banho.

Mas, no dia seguinte, o vombate aparece de novo na escola, ainda com a proposta de proteger a Terra. Atsushi e En conseguem despistá-lo graças a Yumoto. Eles vão para a sala do Clube de Proteção da Terra, um clube de brincadeira, onde as pessoas não fazem nada, na verdade. Lá estão Io e Ryuu. Mas Yumoto e o vombate aparecem na sala.

E o vombate se revela como alguém de fora do planeta, com o objetivo de proteger a Terra. Ele dá aos 5 braceletes mágicos. Ganham assim a habilidade de lutar e proteger a Terra, com todo amor. Fazem transformações, tendo roupas e falas especiais. Tudo bastante constrangedor. E assim, defenderão a terra dos que estão com sentimentos sem amor e de um grupo que tem intenções sombrias.

 Binan3

Comentário

Primeiramente, é um anime para não se levar muito a sério. Tem um gráfico bem feito e bonito. Uma trilha sonora boa para o gênero e uma animação bem feita.

A história e tudo mais da série devem ser vistos como uma paródia a tantas séries de Magic Girls que vemos por aí, que nem Sailor Moon. Eles fazem piadas e acham tudo bastante constrangedor. Em todo caso, a história segue como é mesmo uma série de Magic Girls. Transformações, lutas e proteção da Terra. Sem algo tão elaborado ou profundo assim.

Tem uns personagens bem legais e um clima de despojamento e sátira. Ficar nervoso com a série ou achar simplesmente estúpido é não entender a proposta geral de paródia e sátira. Quem entendeu a proposta e já chegou a ver uma série de Magic Girls, pelo menos de relance, vai ter uns bons risos com essa série.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Anúncios

Read Full Post »

Amatsuki

Amatsuki

Mangá escrito e ilustrado por Shinobu Takayama, lançado em 2005. Tem 18 volumes até o momento e não é publicado no Brasil. Ganhou anime em 2008, de 13 episódios. Gênero: Sobrenatural/Fantasia/Ação/Histórico

 Amatsuki2

História

Tokidoki Rikugou é um aluno do ensino médio que vai mal em História. Ele vai com amigos para um museu de história que tem uma área de realidade virtual, que recria o Japão do período Edo. Ele é atacado por uma criatura, o nue, controlado pelo Yakou. É salvo por uma garota que aparece repente, Kuchiha, mas perde a visão do seu olho esquerdo.

Ele se vê preso na realidade virtual, a Amatsuki. Ele tem que se adaptar à sua nova situação, do Japão em um momento histórico com muitas coisas em processo, além de ayakashis e outras coisas sobrenaturais. Apenas assim ele poderá voltar para seu mundo. No entanto, Tokidoki também pode ser uma peça importante para os rumos da Amatsuki, que tem uma estrutura de poder difícil de ser desafiada. Enquanto isso, algo se passa nos bastidores da Corporação Sensai, que criou a realidade virtual.

 Amatsuki3

Comentário

Uma série fantástica e interessantíssima de acompanhar. No entanto, não é para todos. O mangá tem um traço bastante bonito e caprichado, com bom design de personagens, diversas criaturas e os cenários do Japão da época. O anime tem um gráfico bom. Nada espetacular, mas de qualidade. Trilha sonora boa e animação que não deixa a desejar.

A história é simplesmente sensacional. Faz um misto de lendas japonesas sobrenaturais, o momento histórico e a questão da realidade virtual. Tudo muito interessante e bem desenvolvido. O leitor/espectador talvez, ao acompanhar a história, se pergunte se o foco de sair da realidade virtual desapareceu. No entanto, é preciso entender a posição de Toki em relação a tudo isso. Apenas entendendo a personalidade e histórico dele que se compreende o rumo do enredo.

O histórico dos vários e bons personagens é um grande foco da história. Muitos recebem um desenvolvimento muito bom, explicando muitas coisas. Tanta explicação até desvia o foco do caminho principal do enredo, mas se faz necessária.

Tem momentos de ação muito bons e é um prato cheio para quem gosta das lendas do Japão, divindades, ayakashis e suas relações com humanos. É uma série que exige paciência e compreensão de quem acompanha. As respostas não aparecem rapidamente e os rumos não ficam evidentes. A imprevisibilidade é um bom atrativo da série. Portanto, é uma série que não é para todos. É para quem quer acompanhar uma série com um enredo cheio de elementos distintos, de enredo complexo e muito imprevisível em vários momentos.

O anime, com 13 episódios apenas, não mostra a série toda. É preciso acompanhar o mangá. É uma série muito interessante e até difícil de comentar, tamanha sua complexidade. Eu recomendo!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Fairy Tail – Ice Trail

 IceTrail

Mangá escrito por Mashima Hiro e ilustrado por Shirato Yuusuke. Spin-off de Fairy Tail, focando em Gray. Lançado em 2014 e ainda em andamento. Não é publicado no Brasil. Gênero: Ação/Fantasia/Aventura

 IceTrail2

História

Gray Fullbuster é um jovem mago, aprendiz de Ur. Ele parte em uma jornada para conhecer o mundo, após o sacrifício da mestra. Ele se encontra com várias pessoas e inimigos em potencial. E também, Gildarts, da Fairy Tail.

 IceTrail3

Comentário

Um mangá muito bom e interessante. Tem um traço muito bonito, de qualidade. E claro, bem fiel a Fairy Tail.

A história vai seguindo a trajetória de Gray após a morte de Ur até ele chegar na Fairy Tail, na história do mangá principal. Tem um desenvolvimento interessante, com boas lutas e muitos vilões aleatórios aparecendo. Quem gosta de Fairy Tail não vai se desapontar nem um pouco. Recomendo!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Kagerou Days

KageDays

Mangá baseado em Kagerou Project, série de músicas de Vocaloids feita por Jin. Ilustrado por Satou Mahiro. Lançado em 2012, ainda em andamento e com 6 volumes até o momento. Não é publicado no Brasil. Gênero: Sobrenatural

 KageDays2

História

Shintaro Kisaragi é um HikiNEET. Ele ficou recluso em seu quarto e só vendo a internet após um incidente em que uma amiga cometeu suicídio. A única companhia dele é uma garota cibernética, Ene. Em um dia, graças a Ene, Shintaro tem que comprar um novo teclado. Na loja em que ele vai, acaba se envolvendo em uma difícil situação. Vira refém de um grupo de terroristas.

Ele consegue se safar e conhece o Mekakushi Dan, um grupo secreto formado por pessoas com poderes, graças a olhos especiais. Convivendo com esse grupo, Shintaro pode ter as respostas sobre o incidente passado, que envolve algo muito maior e relacionado aos poderes.

 KageDays3

Comentário

Um excelente mangá para a franquia. Tem um traço bastante bonito e bem feito, com bons detalhes em muitas coisas e bom design de personagens.

O enredo é muito bom e construído de uma forma bastante interessante com relação às músicas. Em minha opinião, muito mais interessante do que o anime, Mekaku City Actors, de 2014. Desenvolve bem os históricos dos personagens, sendo muito bom. Tem momentos de boa ação e comédia também. A questão dos poderes e a parte mais obscura são bem trabalhadas.

Para quem não conhece as músicas, talvez a compreensão da história seja meio complicada. Por isso, é bom conferir as músicas. No geral, faz uma boa adaptação das músicas, de um jeito bem interessante. Compensa demais conferir. Recomendo!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Defense Devil

defensedevil

Mangá escrito por Youn In-wan e ilustrado por Yang Kyung-li. Lançado em 2009 no Japão e finalizado em 2011, com 10 volumes. No Brasil, é publicado pela Panini. Gênero: Ação/Sobrenatural/Comédia/Investigação/Ecchi

defensedevil2

História

Kucabara é um príncipe do Makai, o reino dos demônios. Foi expulso e desgarrado de todos os seus poderes. Sempre foi um demônio muito bonzinho para sua espécie. Para retomar seus poderes, busca acumular Dark Matter, encontrado em humanos pecadores. Para obter, ele atua como um advogado, buscando provar a inocência de humanos que morreram e teriam cometido algum crime. No entanto, ele tem que lidar com os deuses da morte que começam a interferir.

Algo muito sério está acontecendo no Makai ao mesmo tempo. Eventualmente, o príncipe pode ter que voltar para resolver o problema. E pode precisar de ajuda inesperada.

defensedevil3

Comentário

Uma série de qualidade. O traço é bastante bonito e caprichado, com um estilo bem interessante e construído.

A história tem uma proposta bem legal, começando basicamente com Kucabara investigando os casos. Depois, vem a saga no Makai, de mais lutas intensas. No entanto, também volta com partes investigativas em pontos.

Trama bem interessante, com boas mensagens e personagens bem construídos. O mais interessante mesmo é Kucabara, um protagonista que tem uma coisa mais diferente, não sendo apenas mais um demônio bonzinho, como os que vemos em tantas séries por aí. Tem muita comédia, lutas e outras coisas. Faz uma boa liga de elementos e se desenvolve de forma cativante e coerente. Tem algumas cenas de ecchi, com calcinhas, algumas exposições… Mas nada muito desagradável pra quem não gosta. Uma série muito boa, no geral. Recomendo conferir!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

missingmail

Mangá escrito por Amagi Shuusuke e ilustrado por Kiyose Nodoka. Lançado em 2007 e ainda em andamento. É uma adaptação em mangá da light novel de mesmo nome. No blog, já temos um post da série, com foco no anime de 2009. Para ver o post, clique aqui. Gênero: Fantasia/Ação/Sci-fi

 missingmail2

História

A história de Koukaku no Regios se passa em um mundo pós-apocalíptico, onde a humanidade vive em cidades móveis. As pessoas não podem

andar pelo mundo fora de veículos, pois a atmosfera é nociva e há perigosos monstros, as feras poluídas, que lembram insetos gigantes. Para se defenderem das feras poluídas, os humanos contam com as Dites, armas especiais e o poder interno, o Kei.

As cidades conseguem energia a partir de um mineral raro e para ver qual cidade terá mais reservas do mineral, lutam entre si, e por isso cada cidade tem uma força de combate, também para combater as feras.

A cidade em que se passa a história é Zuellni, cidade univer

sitária, governada pelos estudantes. Nina Antalk é capitã de um dos pelotões de combate, e é muito preocupada em manter a força do seu time.

No dia do começo das aulas, um aluno novo chega, seu nome é Layfon Alseif. E no momento, dois alunos estavam brigando, e colocaram a vida de uma estudante em perigo. Layfon a salva usando suas habilidades de combate avançadas, despertando o interessante do chefe do conselho estudantil e chefe de Zuellni, Karian Loss e de Nina. Os dois querem que Layfon faça parte da força de combate, mas Layfon não quer isso, pois quer fugir de coisas do seu passado de combates.

missingmail3

Comentário

Um mangá muito bom, com uma abordagem diferente da história. Tem um traço bem bonito, mais parecido com algo shoujo.

O foco de Missing Mail fica na história de Layfon e sua relação com Leerin Marfes, sua amiga de longa data que ficou na cidade onde cresceram juntos. Os dois trocam cartas. Eventualmente, as novas amigas de Layfon acham umas. Há essa delicada questão enquanto se segue com o cotidiano em Zuellni, com o perigo dos monstros do mundo rondando.

A trama é bem desenvolvida, ficando bem interessante. E também tem boas partes com ação, que colocam mais qualidade e deixam a coisa mais dinâmica. Um bom mangá pra quem é fã da série!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

regios

Mangá escrito por Amagi Shuusuke e ilustrado por Miyuu, lançado em 2007 e finalizado em 2011, com 3 volumes. É uma adaptação em mangá da light novel de mesmo nome. No blog, já temos um post da série, com foco no anime de 2009. Para ver o post, clique aqui. Gênero: Fantasia/Ação/Sci-fi

regios2

História

A história de Koukaku no Regios se passa em um mundo pós-apocalíptico, onde a humanidade vive em cidades móveis. As pessoas não podem andar pelo mundo fora de veículos, pois a atmosfera é nociva e há perigosos monstros, as feras poluídas, que lembram insetos gigantes. Para se defenderem das feras poluídas, os humanos contam com as Dites, armas especiais e o poder interno, o Kei.

As cidades conseguem energia a partir de um mineral raro e para ver qual cidade terá mais reservas do mineral, lutam entre si, e por isso cada cidade tem uma força de combate, também para combater as feras.

A cidade em que se passa a história é Zuellni, cidade universitária, governada pelos estudantes. Nina Antalk é capitã de um dos pelotões de combate, e é muito preocupada em manter a força do seu time.

No dia do começo das aulas, um aluno novo chega, seu nome é Layfon Alseif. E no momento, dois alunos estavam brigando, e colocaram a vida de uma estudante em perigo. Layfon a salva usando suas habilidades de combate avançadas, despertando o interessante do chefe do conselho estudantil e chefe de Zuellni, Karian Loss e de Nina. Os dois querem que Layfon faça parte da força de combate, mas Layfon não quer isso, pois quer fugir de coisas do seu passado de combates.

regios3

Comentário

Um bom mangá da série. Tem o mesmo traço da novel, que é muito bom e caprichado. A história não sofre alterações. O mangá tem uma abordagem mais episódica e cômica, com muitos capítulos voltados muito mais para o humor e a vida cotidiana dos personagens centrais. Mas também com seriedade, muitas boas cenas de ação e dando um foco bom para Nina Antalk. Recomendo para quem conhece Koukaku no Regios, seja pela novel ou pelo anime. Uma leitura divertida e interessante.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Older Posts »