Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Light Novel’ Category

Binan

Anime lançado em 2015, de 12 episódios. Em 2014 fora lançado um mangá spin-off, feito por Umatani Kurari. Possui também light novel escrita por Takahashi Natsuko e ilustrada por Hara Yumiko, lançada em 2015 e ainda em andamento. E ainda um game para iOS e Android, esperado para Fevereiro. Gênero: Comédia/Magia/Ação/Slice of life

 Binan2

História

Atsushi e En são dois alunos do ensino médio que estavam conversando sobre coisas bem triviais numa casa de banho. É então que um vombate rosa aparece no banho. Estanhamente, ele fala e começa a falar sobre proteção da Terra. Mas ele é perseguido por Yumoto, colega de escola dos dois e filho do dono da casa de banho.

Mas, no dia seguinte, o vombate aparece de novo na escola, ainda com a proposta de proteger a Terra. Atsushi e En conseguem despistá-lo graças a Yumoto. Eles vão para a sala do Clube de Proteção da Terra, um clube de brincadeira, onde as pessoas não fazem nada, na verdade. Lá estão Io e Ryuu. Mas Yumoto e o vombate aparecem na sala.

E o vombate se revela como alguém de fora do planeta, com o objetivo de proteger a Terra. Ele dá aos 5 braceletes mágicos. Ganham assim a habilidade de lutar e proteger a Terra, com todo amor. Fazem transformações, tendo roupas e falas especiais. Tudo bastante constrangedor. E assim, defenderão a terra dos que estão com sentimentos sem amor e de um grupo que tem intenções sombrias.

 Binan3

Comentário

Primeiramente, é um anime para não se levar muito a sério. Tem um gráfico bem feito e bonito. Uma trilha sonora boa para o gênero e uma animação bem feita.

A história e tudo mais da série devem ser vistos como uma paródia a tantas séries de Magic Girls que vemos por aí, que nem Sailor Moon. Eles fazem piadas e acham tudo bastante constrangedor. Em todo caso, a história segue como é mesmo uma série de Magic Girls. Transformações, lutas e proteção da Terra. Sem algo tão elaborado ou profundo assim.

Tem uns personagens bem legais e um clima de despojamento e sátira. Ficar nervoso com a série ou achar simplesmente estúpido é não entender a proposta geral de paródia e sátira. Quem entendeu a proposta e já chegou a ver uma série de Magic Girls, pelo menos de relance, vai ter uns bons risos com essa série.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Anúncios

Read Full Post »

Rail

Série de Light novels, escrita por Takumi Toyoda e ilustrada por Vania 600, lançada em 2012 e com 8 volumes até o momento. Ganhou mangá em 2012, ilustrado por Keiji Asakawa. Em 2014, ganhou anime de 12 episódios. Gênero: Ação/Comédia/Romance

Rail2

História

Naohito Takayama é um estudante que desejava trabalhar na JNR (Japanese National Railways, companhia de trens do Japão). Ele deseja ser piloto. Começou junto com um grupo de alunos bem especial. No entanto, por uns incidentes, acabou parando na força de segurança. Agora ele defende a ordem do metrô junto com seus colegas. Há a ameaça de um grupo que quer tornar a JNR em algo privatizado.

Rail3

Comentário

Primeiro, é bom ressaltar que Rail Wars! se passa em um Japão bem alternativo. No mundo real, a JNR já é privatizada e os funcionários não andam por aí armados ou fazem operações contra terrorismo. Não é para assistir pensando que, assim, vai saber tudo sobre o metrô japonês.

Tanto a novel como o mangá possuem traços bem feitos e interessantes. Claramente, a história é melhor contada na novel. O anime possui um gráfico bom. Nada extraordinário. Tem trilha sonora boa e boa animação.

O enredo é bastante simples. Trata do dia-a-dia na JNR, os sonhos e aspirações dos personagens, lutas contra ações terroristas e umas questões políticas. Os personagens são interessantes e suas relações dão mais graça ao enredo. Em muitos momentos, há o encontro do Takayama com as garotas e seus seios. Mas nada que faça Rail Wars! ser considerado ecchi. Tem bons momentos de comédia e romance.

Com 12 episódios, o anime tem tudo para ser bom. Mas, para uma visão mais completa, é melhor buscar a novel. Série bem interessante para quem gosta da temática dos metrôs, transporte público, sonhos e aspirações… E seria bom se os metroviários de São Paulo tivessem 10% da dedicação dos funcionários retratados nessa série!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

RDG

Série de light novel escrita por Noriko Ogiwara e ilustrada originalmente por Komako Sakai. Em uma reedição, foi ilustrada por Mel Kishida. Lançada em 2008 e finalizada em 2012, com 6 volumes. No final de 2012, ganhou mangá, ilustrado por Ranmaru Kotone, com 1 volume até o momento. Em 2013, ganhou anime, que terá 12 episódios. Gênero: Fantasia/Romance

 RDG2

História

Izumiko Suzuhara é uma tímida estudante de 15 anos que foi criada em um templo. Toda vez que toca em algo tecnológico, o objeto é destruído. Ela quer viver em uma cidade, apesar de tudo. O seu guardião Yukimasa Sagara força seu filho Miyuki a ser companheiro dela, indo para Tóquio também. Miyuki se opõe a isso, pois acha que Izumiko não vale o esforço.

Em uma visita para a capital japonesa, descobre-se que Izumiko é um receptáculo de uma deusa e que Miyuki tem a missão de protegê-la. Assim, os dois vivem um novo cotidiano, com as dificuldades para fazer amizades e criaturas espirituais.

 RDG3

Comentário

Uma boa série.  A novel tem um bom traço, nas duas versões, bem trabalhado, que nem o mangá. O anime possui um gráfico bastante bonito e bem feito, com um bom design de personagens e cenários detalhados. Possui uma boa trilha sonora e animação, de qualidade.

A história se apresenta de uma forma boa, focando muito no desenvolvimento da personagem principal, Izumiko, com suas relações com outras pessoas e seus poderes. O romance possível com Miyuki também é um ponto forte da trama. A parte sobrenatural é a mais interessante, com vários feitiços e elementos espirituais, sendo bem legal. Com 12 episódios e novel encerrada, pode-se esperar um bom desfecho pro anime.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Hataraki

Série de light novel, escrita por Satoshi Wagahara e ilustrada por Oniku, lançada em 2011 e ainda em andamento, com 7 volumes até agora. Foi adaptado para mangá feito por Akio Hiragi em 2012, também em andamento, com 2 volumes até agora. No mesmo ano foi lançado outro mangá, Hataraku Maou-sama! High School!, por Kurone Mishima e com 1 volume. Nenhum é publicado no Brasil. Em 2013, ganhou anime, que terá 13 episódios. Gênero: Comédia/Fantasia/Romance

 Hataraki2

História

Em um mundo distinto, o lorde demônio viu-se quase derrotado pelas forças aliadas de uma heroína. Decidiu escapar para outro mundo junto com seu general Alsiel. Acabou parando em Tóquio, no Japão. Lá, viu-se em forma humana e sem poder usar todo seu poder, já que a magia não era habitual.

Para viver nesse mundo, resolve viver como um humano comum, com o nome de Maou Sadao, pegando trabalhos de meio-período. Enquanto isso, Ashiya Shirou (Alsiel) cuida da casa e tenta ver uma forma de voltar ao mundo original, investigando qualquer coisa que possa ser relacionada à magia. Eventualmente, Maou se encontra com a heroína nesse mundo, que também perdeu seus poderes.

 Hataraki3

Comentário

Uma série bem divertida e simples. Só tive tempo para acompanhar o anime, então, minha base será ele. Tem um gráfico bom, com um design de personagens um pouco abaixo, mas isso não é de grande relevância. A trilha sonora é bem feita, sem deixar a desejar pro seu gênero. A animação é muito boa também.

A história tem uma proposta bem simples, sem grandes aprofundamentos, focando muito mais na comédia, claro. Começa já bem interessante, mostrando as dificuldades com a língua do novo mundo que descobrem. É divertido ver como que demônios e depois uma heroína vivem no mundo “normal”, tendo trabalhos de fast-food ou de atendente. Tem situações bem divertidas e um romance possível bem legal, com bons personagens. Série pra ver e se divertir. Poderia ter mais que 13 episódios, já que a novel está em andamento. Recomendo!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Higurashi

Série de games visual novel lançada pela 07th Expansion em 2002 para várias plataformas. Tem aproximadamente 9 títulos. Em 2005, ganhou mangá escrito por Ryukishi07 e ilustrado por vários mangakás com o passar dos arcos da história. Foi finalizado em 2011 com 38 volumes. Não é publicado no Brasil. Light novel em 2006, escrito pelo mesmo autor do mangá e com mesmo jogo de mangakás. Em 2006, ganhou anime de 26 episódios, com a continuação Kai de 24 episódios. E ainda OVAs (Rei e Kira). E uma Live Action em 2009. Contém cenas fortes, não sendo apropriado pra menores de 18 anos. Gênero: Terror/Mistério

 Higurashi2

História

Keiichi Maebara é um garoto que se muda para a vila rural de Hinamizawa. Na escola local, ganha novos amigos, fazendo parte do clube, onde se divertem juntos. A paz da vila fica abalada após o festival de Watanagashi. Nos últimos anos, pessoas somem e morrem depois disso. Um colega de Kei acaba sofrendo desse destino. Casos de assassinato, loucura e outras coisas sinistras começam e aterrorizam a vila.

 Higurashi3

Comentário

Série bem interessante, com terror de verdade. Os games possuem um gráfico bem deficiente para os tempos de hoje, mas são bem legais de ver e têm a história original, na íntegra. Vale a pena procurá-los. O mangá tem um traço misto, já que passa por um rodízio de mangakás. Alguns são melhores que outros. No geral, vão bem com design de personagens e o enredo. As animações possuem um gráfico mediano, trilha sonora boa a animação igualmente boa. Não são produções notáveis, mas são de qualidade.

A história é bastante intrigante, cativa o leitor/espectador e se desenvolve muito bem. Começa parecendo algo muito inocente, mas depois mostra a sua verdadeira face. Mortes, conspirações, loucura… Os elementos fazem quem assiste ficar bem mexido, pois primeiro trabalham a amizade entre os personagens, o companheirismo e a inocência. E em seguida, um fica contra o outro em muitos casos. “Como isso pode ter acontecido? É justo?” O leitor se pergunta e fica aguardando respostas no enredo, que vêm muito lentamente. É muito interessante de ver. E traz um clima autêntico de terror. Mas possui cenas pesadas, não boas para quem e sensível a isso. Higurashi é boa série do gênero terror, especialmente para quem tiver força pra ver tudo!

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

GJ-bu

GJ

Light novel escrita por Shin Araki e ilustrada por Aruya, lançada em 2010 no Japão, com 9 volumes. Uma continuação foi lançada em 2012, ainda em andamento. Não é publicada no Brasil. Em 2013, ganhou anime de 12 episódios. Gênero: Comédia/Slice of life

 GJ2

História

Shinomiya Kyouya é um estudante que foi forçado a participar do clube GJ-bu, composto por garotas com peculiaridades interessantes. Ele aproveita o tempo conhecendo-as melhor e sendo alvo de brincadeiras e confusões causadas por elas, em especial da presidenta do clube, Mao.

 GJ3

Comentário

Série bem simples, sem um diferencial. A novel tem um traço bem agradável e bem feito. O anime tem um gráfico simples, bem colorido e bem feito. A trilha sonora não se destaca e a animação é boa.

A história segue com o cotidiano do clube, com o histórico e personalidades dos personagens sendo bem falados com o tempo. A ambientação da série é bem restrita ao espaço do clube, e isso dá uma impressão muito estática. Não tem o dinamismo de um Sket Dance, por exemplo. No entanto, tem boas situações de humor e de relações entre colegas e garotos e garotas. No geral, é uma série legal para quem gosta dessa fórmula, mas não é algo que se destaque tanto.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Sasami

Light novel escrita por Akira e ilustrada por Hidari, lançada em 2009 e ainda em andamento, com 10 volumes até agora. Em 2012, ganhou mangá ilustrado por Akira Nishikawa. Em 2013, um anime de 12 episódios. Gênero: Fantasia/Comédia Romântica

 Sasami2

História

Sasami Tsukuyomi é uma hikikomori (jovem que se isola completamente da sociedade, ficando em casa o tempo todo), que é servida e paparicada pelo seu irmão Kamiomi, que nunca mostra seu rosto. Sasami monitora o irmão e tenta protegê-lo, enquanto ele tenta agradá-la bastante. E como Sasami tem o poder de um deus, acaba criando situações que podem causar grande caos no mundo. Para evitar isso, as irmãs Yagami, que ficam mais tempo com Kamiomi, atuam. Um clima de romance nasce nesse estranho quadro.

 Sasami3

Comentário

Série com uma proposta relativamente interessante, mas que não empolga. A novel e o mangá possuem um bom traço, com boa produção de cenários, especialmente. O anime tem um gráfico que não é algo de ponta, mas é bom. Boa animação e trilha sonora. Tem bom design de personagens.

A história é interessante por lidar com os poderes de deuses, alterar a realidade, mas… Não é algo inédito e não trabalha de uma forma mais diferenciada que Suzumiya Haruhi no Yuutsu, por exemplo. Assim sendo, o atrativo fica com a comédia e o romance nascente. Com esses elementos, mais qualidade aparece, já que são bons. Tem personagens interessantes, que são bem desenvolvidos. É uma série, no geral, mediana. Tem bons pontos, mas não empolga tanto com seu desenrolar. Pode ser interessante para quem é mais fã do gênero, com comédia romântica e uma irmã com ciúmes do irmão.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Older Posts »