Feeds:
Posts
Comentários

Archive for dezembro \31\UTC 2012

Feliz Ano-Novo!

Tsuritama.600.1384995

Esse foi mais um ano bom no blog e em lançamentos em geral. Desejamos a todos os nossos leitores um Feliz Ano-Novo! Fazemos votos para que todos tenham um 2013 iluminado!

Read Full Post »

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

Axis.Powers .Hetalia.full.917492

Feliz Natal para todos!

Read Full Post »

 

Chuunibyou Demo Koi ga Shitai!

Chuu

Foi muito bem, mais do que eu esperava. Irreverente, divertido e com ótimas mensagens. Aprofundou muito bem alguns temas mais sérios e terminou com uma mensagem muito boa. Não é bom viver numa fantasia o tempo todo, mas também não é bom viver numa realidade superficial.

Sword Art Online

SAO

Conquistou um grande número de fãs em pouquíssimo tempo, pela qualidade que mostrou. Foi muito bem retratando um MMORPG, com lutas muito boas, elementos legais de jogo e uma trama bastante boa. No entanto, achei que o desenrolar da história não teve um ritmo constante. Alguns episódios não avançavam em nada na história, outros iam a ritmo galopante. Cativou pelo romance e emoção, usou de alguns recursos de fanservice também. Sem dúvida, é muito acima da média, mas não algo tão primoroso.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Read Full Post »

Read Full Post »

Che – Uma biografia

che

Manwha escrito e ilustrado por Kim Yong-Hwe, lançado em 2005 na Coreia. Foi publicado no Brasil pela Conrad. Volume único. Gênero: Histórico

História

O manwha conta a história de Ernesto “Che” Guevara, o revolucionário que ficou mundialmente conhecido. Nascido na Argentina, aspirou a carreira de médico. Mas, resolveu viajar pela América do Sul, encontrando cenários de pobreza e desigualdade. Ao encontrar essas realidades, decidiu lutar contra isso. Nascia o revolucionário. Anos depois, participou ativamente da Revolução Cubana, que expulsaria o ditador Fulgencio Batista e colocaria Fidel Castro no poder. No entanto, Che não se contentou com isso. Para uma verdadeira mudança, a revolução deveria ir para outros países.

Comentário

Bom manwha no aspecto histórico. Tem um traço de qualidade, mas inconstante. Em boas partes, tem muito detalhe nos cenários e capricho nos personagens. Em outras a qualidade cai muito, em especial nos personagens mais secundários.

Conta bem a história de Che Guevara, especialmente para um jovem que não conheça direito a trajetória do cara estampado em tantas camisas que vemos por aí. Faz bem a reconstituição dos passos dele e mostra a sua ideologia. E aborda simultaneamente o momento político do mundo, sendo muito interessante. O que eu vejo como falha na obra é a parte crítica, o pensamento possível do leitor. O autor faz a obra como um admirador de Che, logo, faz algo mais romântico e idealizado. Não tem grande força crítica. No geral, é boa obra pra mostrar história. No entanto, deve-se ter cuidado para não ser engolido por romantismos e idealismos.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

One Night Trilogy

OneNight

Trilogia de games lançada para o RPG Maker XV, feita por Dark Gaia Studios. O primeiro One Night foi lançado em 2009. No mesmo ano foi lançado One Night 2: The Beyond e em 2011, o terceiro, One Night: Full Circle. Gênero: Survival Horror

 OneNight2

História

A trilogia tem seu início em 2012, quando Colt, agente da CIA, se vê em um espaço de pesquisas, infestado por monstros de outros mundos. Ele tem que descobrir mais sobre a grande trama que envolve uma fusão de universos e uma invasão de seres que querem drenar a vida do planeta.

One Night 2: The Beyond se passa anos antes, onde descobrem mais sobre os seres. One NIght: Full circle fecha a trilogia, sendo continuação direta do primeiro game.

 OneNight3

Comentário

Uma boa trilogia de games survival horror, mas que não assusta tanto assim. Possui gráficos bastante limitados por ser de RPG Maker, não tendo muita qualidade. Full circle possui os melhores gráficos. A trilha sonora é muito boa, com músicas medonhas, dando um bom clima de terror para os cenários. A jogabilidade é meio complicada para se adaptar. Muitos elementos  lembram Silent Hill. Não há grandes momentos de susto, apenas com gritos súbitos. A trilha sonora é o que faz melhor o clima.

A história não possui lá sensacionais atrativos, recorrendo a coisas meio batidas e tomando alguns rumos bastante previsíveis. O final em Full Circle não traz muita satisfação para o jogador. Dependendo das ações do jogador, vários finais são possíveis nos 3 jogos, sendo que as condições pro último são bastante desafiadoras, já que não se pode matar inimigos e sempre se deve responder gentilmente a todo mundo. No geral, é uma série interessante do gênero, mas não desponta como algo realmente bom. Mediano.

-by Ryuh (@GabiMTG)

Read Full Post »

Older Posts »